Centro de Apoio Social de São Bento

À entrada do século XX, na zona de São Bento, junto ao Palácio das Cortes (atual Assembleia da República), a Sociedade Protetora das Cozinhas Económicas encomendara a construção da Cozinha Económica nº 6, tendo sido inaugurada em abril de 1906. Tal como as congéneres, esta cozinha destinava-se a proporcionar refeições acessíveis à população mais carenciada, sobretudo à classe operária. Em 1928, as cozinhas foram transferidas para a Santa Casa da Misericórdia, sobrevivendo hoje os edifícios de apenas duas, nos Anjos e em São Bento. Foi nesta última que a Santa Casa instalou, em 1997, o Centro de Apoio Social de São Bento, dedicado à promoção e apoio à integração de indivíduos em situação de exclusão social e de sem-abrigo em Lisboa. Ultrapassando hoje largamente as funções iniciais da Cozinha Económica n.º 6, inclui três ateliês ocupacionais, uma loja de venda de produtos artesanais e um espaço de inclusão digital, sendo uma referência no coração da cidade.

Mais informações aqui

Localização: Centro Histórico de Lisboa

Desafio

As soluções Saint-Gobain neste projeto incidiram na Reabilitação integral do edifício, nomeadamente das fachadas com argamassas à base de cal.

Intervenientes no Projeto

Projetista |  Lamda - Gabinete de Estudos Técnicos, Arquitectura e Planeamento, Lda.

Empreiteiro |  Vítor & Esmeraldo - Sociedade De Construções Lda.

Distribuidor |  O Polícia - Materiais de Construção

Fiscalização |  Tecnoplano, S.A.

Data de conclusão: 2015

Pode comparar até 4 produtos.
Compare