Como colar forra ou alheta em fachada

Veja nesta página os problemas mais comuns que lhe podem surgir e a solução weber a adotar para os resolver.

Problemas comuns e questões que pode enfrentar

colagem_forra_alheta_fachada_problema_f11

1.

Nos suportes produzem-se deformações que são transmitidas ao revestimento. Estas deformações são minimizadas com a utilização de cimentos-cola flexíveis.

colagem_forra_alheta_fachada_problema_f22

2.

Os agentes climatéricos, como a chuva, o sol e o gelo atuam sobre o revestimento cerâmico provocando tensões muito importantes no revestimento.

colagem_forra_alheta_fachada_problema_f33

3.

As peças cerâmicas, nomeadamente alheta e forra, têm tendência a aumentar de volume devido à temperatura e, em alguns casos, devido à absorção de humidade. Estes aumentos de volume obrigam à utilização de um cimento-cola de aderências melhoradas e com flexibilidade.

colagem_forra_alheta_fachada_problema_f44

4.

Devido a todas estas tensões que se podem instalar no revestimento cerâmico, é aconselhável que se deixem juntas de colocação, entre peças, no mínimo de 5 mm. Estas juntas devem ser preenchidas com um produto que consiga absorver as tensões geradas no revestimento.